Alagoas
Casa do Brasil
Corrida
CPH
CrossFit
Descobrindo Kona
Duathlon
Entrevistas
Florianópolis
Fodaxman
Fortaleza
Hawaii
Igor Amorelli
Ironkids
IRONMAN
IRONMAN 70.3
Kona
KONA 2016
KONA 2017
KONA 2018
KONA 2019
Maceió
Mizuno
Mundial
Palestras
Pâmella Oliveira
Parada das Nações
PATH 5k & 10k
Probiotica
Quick Talks
Rio de Janeiro
Santa Catarina
Santiago Ascenço
São Paulo
Sarah True
Swim
Tênis
Thiago Vinhal
Triday
Underpants Run

06 . Aug . 2019

Vídeo & Galeria :: IRONMAN 70.3 Maceió 2019

O IRONMAN 70.3 Maceió 2019, realizado pelo terceiro ano consecutivo na Praia da Pajuçara, mostrou mais uma vez porque é uma das provas de maior sucesso da franquia no país. Com participação de mais de 1.500 atletas amadores e novo percurso de ciclismo, a competição teve disputa acirrada no masculino e novos nomes dando espetáculo no feminino.

 

A natação aconteceu na Praia da Pajuçara, de onde os atletas partiram para uma volta única de ciclismo, em direção à Praia do Francês, seguidas por três voltas de corrida em direção à Praia da Jatiúca, na orla urbana. O calor intenso, as novas subidas no ciclismo e o vento forte nos quilômetros finais da etapa proporcionaram tempos mais altos que nos anos anteriores, mas nem por isso a competição deixou de ser eletrizante.

No masculino, a disputa foi acirrada entre os tradicionais campeões gerais de provas amadoras e alguns novos nomes: José Belarmino (SP), Rodrigo Lobo (SP), Miguel Morone (RJ), Rodrigo Bodanese (RS) e Adriano Sacchetto (MG), que largaram em ondas distintas, separadas por sete minutos, tornaram a disputa pelo pódio uma incógnita até a chegada de Bodanese, último a largar. A vitória de José Belarmino (M4044), no entanto, foi incontestável, com a arca de 4:01:19. Rodrigo Lobo (M3539), com o tempo de 4:07:19, e Miguel Morone (M3539 | PROBIÓTICA SQUAD) completaram o pódio geral, enquanto Rodrigo Bodanese (M3034) ficou na quarta colocação, apenas 13 segundos atrás de Morone, com 4:07:58

No feminino, novos nomes no triathlon de longa distância roubaram a cena. A paulista Fernanda Palma (F3539), atleta do Esporte Clube Pinheiros que há algum tempo vem se destacando nas provas promocionais de curta distância, fez sua estréia no meio IRONMAN com uma performance impressionante. Fernanda, ex-jogadora profissional de pólo aquático, foi a primeira atleta a concluir a natação, com 27:24, fazendo também a melhor parcial de ciclismo do dia por uma grande margem, a uma média de 37,7km/h (2h22min). Na corrida, a atleta administrou bem a vantagem, vencendo a prova com 4:35:30. A segunda posição ficou com a curitibana Flavia Meyer (F3539 | PROBIÓTICA SQUAD) que, com uma prova muito regular, manteve-se sempre entre as primeiras colocadas, concluindo o percurso em 4:38:51. O pódio ficou completo com a surpreendente performance da jovem Júlia Iglesias (F1824), ex-atleta de tênis e também estreante na distância, com 4:43:44.

Um fato curioso é que as duas estreantes do pódio não usaram os tradicionais “combos” aerodinâmicos na prova: Fernanda utilizou uma bicicleta de contrarrelógio com rodas tradicionais de alumínio, enquanto Júlia competiu com uma bike convencional de estrada, acrescida de clipe e rodas aerodinâmicas de perfil baixo.

Confira as melhores imagens do dia!